TU COMUNIDAD DE CUENTOS EN INTERNET
Noticias Foro Mesa Azul

Inicio / Cuenteros Locales / naves / A pele branca

[C:426003]

Vi um show a muitos anos de um cantor que na época magro, cabelos escuros e longos. Andava muito solto com calça esportiva da Adida com aquela tarja branca na lateral que todos usavam nos anos 80.

Passado todo esse tempo estava caminhando pelos corredores de um shopping a passar os olhos nas vitrines e de repente quem eu vejo vindo de encontro, com os mesmos cabelos e mais forte, o tal cantor, me agradou vê-lo depois de tantos anos, eu poderia chegar e dizer:
_ oi, cara. _Eu estava no seu show em 20 de janeiro de 79 naquele palco medindo 5 x 3 onde você fez todo o clube cantar e dançar por quase duas horas com seus solos de guitarra.

E uma turma de seis garotos filhinhos de papai se amontoava ao lado da quadra lá no fundo puxando unzinho, tudo bem discreto, escondido, não poderiam escancarar, senão, ficariam marcados no clube e certamente não entrariam nos próximos shows.

Mas voltando a pessoa do cantor, me assustei quando ele chegou mais perto, estava branco que parecia de cera, sem cor, neutro e sem tom.
Vinha de mãos dadas com uma morena que parecia estar também se desbotando. Pensei, será que ficar famoso ou rico faz com que a gente deixe de pegar sol, num país tropical e ainda no Rio é um pecado não ser um pouquinho bronzeado.

Mas no fundo vê-lo na minha frente, foi uma viagem e pelos corredores das lojas repassei vinte anos da minha vida, sem saber que por um bom tempo as músicas cantadas e tocadas por ele fizeram parte da minha vida.

Texto agregado el 12-10-2009, y leído por 212 visitantes. (4 votos)


Lectores Opinan
29-10-2009 Você tem o livro das visitas fechado, nao consegui lhe responder... maurapaz
28-10-2009 Quiero saber quién es ese cantante, si era famoso sólo en Brasil o en el mundo entero. Qué hermoso!!, pensé que pudiera haber sido Roberto Carlos(más que nada porque me encanta). Y es verdad, la fama no permite a los artistas ser libres; por eso, amo el anonimato. maurapaz
18-10-2009 Gostei muito. As vezes acontece assim: as saudades vistas na velha pele dum cantor, que mudou, mais deixou uma lembranca da vida. Parabéns! raio
17-10-2009 Te entendí a medias. pero logré sacar la esencia de tu relato. Saludos. LOUYANN
17-10-2009 El portugues es hermano del Español, te felicito, tus letras van más allá del idioma y llegan al alma humana***** peregrino10
13-10-2009 o máximo seu texto, me senti ali pertinho de vocês, observando o tal encontro casual, e louca para saber quem é esse tal, pois estava de costas e nao pude ver seu rosto...depois vc vai me revelar seu nome, nao? e também confessar que vc estava lá na turma da cozinha, puxando "unzinho"...ou será que estava na fila do gargarejo...pois para guardar tantos detalhes do palco, tinha que ser...gosto como vc descreve acontecimentos cotidianos e os transforma em momentos muito especiais...uma constelacao.***** nocheluz
12-10-2009 No entiendo el portugués. Aun así, mis mas sinceras felicitacions (mas o menos he podido entender) Un abrazo kimaten
 
Para escribir comentarios debes ingresar a la Comunidad: Login


[ Privacidad | Términos y Condiciones | Reglamento | Contacto | Equipo | Preguntas Frecuentes | Haz tu aporte! ]